Pagar IPVA Dentra Paraná

O IPVA é um imposto cobrado anualmente de pessoas que são proprietárias de veículos, seja carro, motos, ônibus, caminhões, lanchas, barcos ou aeronaves. Para pagar IPVA Detra Paraná, basta acessar o site do Detran e emitir a guia. O valor do IPVA varia de acordo com as características dos carros. Algumas características que são analisadas […]

O IPVA é um imposto cobrado anualmente de pessoas que são proprietárias de veículos, seja carro, motos, ônibus, caminhões, lanchas, barcos ou aeronaves. Para pagar IPVA Detra Paraná, basta acessar o site do Detran e emitir a guia. O valor do IPVA varia de acordo com as características dos carros. Algumas características que são analisadas são o ano, a cor e o modelo do carro. Além disso, cada estado tem o direito de cobrar o valor de arrecadação que determina, não sendo esta, portanto, uma competência do estado.

O IPVA pode ser pago por meio da ficha de compensação bancária, que pode ser paga em qualquer banco ou lotérica, pela Guia de Recolhimento do Estado do Paraná (GR PR), que podem ser obtidas nos seguintes bancos: Bradesco, Banco do Brasil, Bancoob, Santander, Sicredi, Santander ou Itaú ou ainda, é possível gerar o boleto somente com o número do RENAVAN do veículo fornecido em algumas instituições financeiras credenciadas.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores está baseado na Lei nº 14.260/2003, também conhecida como “Lei orgânica do IPVA”. Esta lei determina o pagamento a vista ou parcelado em até três vezes do imposto. Além disso, a Lei determina que veículos com débitos vencidos devem ser quitados em uma única cota, já débitos vencidos de IPVA de anos anteriores podem ser parcelados.

Outros impostos

Além do IPVA o Brasil ainda cobra outros dois impostos sobre propriedades de veículos automotores, o DPVAT e o Licenciamento. DPVAT significa Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de vias Terrestres, também é chamado de “seguro obrigatório” e é um seguro obrigatório que deve ser pago todos os anos e que é acionado nos casos de indenização por acidentes de vítimas que sofreram algum acidente ocasionado por veículos automotores. O Licenciamento também é um imposto anual e é utilizado para investimento em obras públicas, incluindo a conservação e a construção de novas rodovias e estradas. O licenciamento tem um calendário de pagamento que é estabelecido de acordo com os últimos números da placa dos automóveis.

Obrigatoriedade

Os três impostos IPVA, Licenciamento e DPVAT são impostos obrigatórios ou seja, o não pagamento dessas taxas resulta em multas e também na perda do automóvel. O que significa que se seu automóvel por parado por algum funcionário público das rodovias ou segurança, ele pode ser apreendido caso os débitos não tenham sido pagos. Além disso, para realizar a transferência de algum automóvel todos os impostos devem estar quitados. Ou seja, para vender um carro, os débitos devem estar em dia.

É possível acessar todos os impostos no site do Detran. Os impostos são aplicados em melhorias e construção de vias, além da manutenção das vias. O que significa que quando uma rua tem buracos, um semáforo queima ou então um viaduto é construído, boa parte da verba ali presente vem desses recursos levantados.

Outra despesa que também temos que considerar, principalmente no caso de carros, motos e caminhões são os pedágios, cobrados por estradas e BRs. Essa arrecadação também é utilizada para gerenciar as pistas, realizar reparos e melhorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *